Cachecóis, foulards, golas e chales

outubro 5, 2008 at 11:53 am (Acessórios, Tendências) (, , , )

TRITON

TRITON

CACHECOL LISTRADO

Listras são as padronagens de agora. Coloridas, deixam tudo mais cool. Use com muitas sobreposições.

ACESSORIZE

ACESSORIZE

CACHECOL HANDMADE

É o rei do inverno graças ao aspecto “feito pela vovó”. Dê duas voltas ao redor do pescoço, criando quase uma gola alta.

DOUX

DOUX

CACHECOL FAIR ISLE

O ar 1920 e o espírito bohemian deste inverno tornam a trama, original da ilha escocesa, hot, hot, hot! Aigre

2ND FLOOR

2ND FLOOR

REDLEY

REDLEY

RENNER

RENNER

ÉCHARPE DE TAPEÇARIA

Lembra tapetes da Índia. Jogue uma das pontas para trás e deixe a outra, maior, cair com classe na frente.

ROXANNE DREAMS

ROXANNE DREAMS

KEFIAH

Das culturas árabes para as passarelas! Dobre-o num triângulo e jogue as pontas para trás. Depois, puxe-as para a frente.

CRIS BARROS

CRIS BARROS

XALE

Inspirado no Butão, vai do trabalho à festa. Leve sempre na bolsa para colocar displicentemente nos ombros!

GISELLE NASSER

GISELLE NASSER

CANTÃO

CANTÃO

WOLFORD

WOLFORD

CACHECOL DE CASHMERE

Deixe as franjas brilharem e dispense grandes acessórios, como brincos longos.

MARISA RIBEIRO

MARISA RIBEIRO

XALE-COLETE DE CASHMERE

Dá para usar como colete (tem duas aberturas para os braços) ou enrolá-lo no pescoço, criando uma maxigola.

SALVATORE FERRAGAMO

SALVATORE FERRAGAMO

ÉCHARPE DE CASHMERE

Clássica, de cor neutra, é um investimento para toda a vida.

REDLEY

REDLEY

LACOSTE

LACOSTE

ANDREA BRITO

ANDREA BRITO

GOLA XADREZ

O Velho Oeste está mais novo do que nunca e esta gola laça as cowgirls do asfalto.

AIGRE DOUX

AIGRE DOUX

GOLA DE PELE SINTÉTICA

Para arrematar looks com elegância à la cinqüentinha.

FABIA BERCSEK

FABIA BERCSEK

Anúncios

Link permanente 3 Comentários

Escolha certa da Jóia ou Bijuteria: Brincos

setembro 20, 2008 at 12:29 pm (Acessórios, Dicas gerais) (, , , )

O modelo certo confere acabamento perfeito ao traje. O segredo é escolher aquele que favoreça rosto, pescoço, orelhas e corte de cabelos. Veja o que combina com cada formato de rosto e os efeitos que os modelos proporcionam.

Os brincos
Do tipo botão: enfatizam nariz e queixo proeminentes.
Dourados: ficam bem em todo tipo de pele.
Prateados foscos: só brilham nas castanhas, morenas e negras.
Longos: alongam visualmente o rosto (desfavorecem quem tem rosto comprido) e podem ser usados com vários tipos de golas e decotes (“V”, redondo, “U”, tomara-que-caia, ombro-a-ombro, colarinhos de camisas e golas de paletó).
Em pérolas, em ouro ou brilhante: são adequados a qualquer produção, da esportiva à social.
De argolas: combinam com todos os formatos de rosto, porém são muito esportivos para serem usados com roupa social, exceto quando forrados de brilhos ou diamantes!

Rosto Triangular
Caem bem: os brincos pequenos, circulares e largos.
Deixe de lado: os angulares e pontudos.
Rosto redondo
Caem bem: os brincos grandes, longos, em formato de pingente, angulares, soltos, assimétricos e quadrados.
Deixe de lado: os pequenos e argolas muito grandes.
Rosto quadrado
Caem bem: os brincos largos, longos e geométricos.
Deixe de lado: os redondos, pequenos e triangulares
Rosto oval
Caem bem: os brincos redondos, ovais e largos.
Deixe de lado: os estreitos com elementos pendurados.
Rosto miúdo
Caem bem: os brincos volumosos, que ampliam o rosto, e argolas grossas.
Deixe de lado: os pequenos e compridos.
Rosto graúdo
Caem bem: os brincos pingentes, argolas e de formato oval.
Deixe de lado: os pequenos e com formatos geométricos.
Rosto envelhecido com rugas
Caem bem: os brincos pequenos. De preferência os dourados, com pedras brilhantes.
Pessoas assim, nunca devem ficar sem brinco.
Rosto longo
Caem bem: os brincos em formato chuveiro, que tenham volume.
Deixe de lado: os modelos e pingentes longos.
Para quem usa óculos
Caem bem: os brincos pequenos, em metal ou ouro, que combinem com a roupa, e não com os óculos.
Deixe de lado: os grandes e os modelos feitos com material parecido com o da armação.

Link permanente Deixe um comentário

Qual colar usar?

setembro 11, 2008 at 11:40 am (Acessórios) (, , )

Colares, escapulários, gargantilhas e relicários funcionam sempre como um poderoso acessório, seja para uma produção diurna ou para um look ousado para a noite. Não existe uma regata ou camisa básica que não fiquem um charme se usadas com um belo colar.

Para uma festa à noite você pode e deve enfeitar seu colo com brilho e glamour.No entanto, para que colares ou cordões ajudem as nossas produções é preciso ter cuidado com algumas regras e dicas:

Para as mais baixas: tenham preferências por colares mais cleans, ou seja, mais limpos, com menos pingentes ou menos balangandãs.

  • Para as altas: cuidado com os colares curtos demais.
  • Para as de pouco pescoço: os colares mais grossos e coloridos e as gargantilhas tendem a acentuar o pouco pescoço. Escolha os mais discretos e compridos.
  • Para as de pescoço fino e longo: correntes e gargantilhas ficam muito bem.
  • Para as que estão acima do peso: use correntes ou colares longos. O comprimento não deve ultrapassar a altura da cintura.
  • Para as mais clássicas: pérolas.
  • Além do seu tipo físico, preste atenção na composição do decote com o colar.
  • Colar imponente só combina com brincos pequenos.
  • As correntes nunca saem de moda, mas não exagere. Muitas correntes achatam a silhueta e você corre o risco de ficar cafona.
  • Roupas de tecidos leves e cores discretas “suportam” colares mais volumosos.
  • Cordões pequenos e médios combinam perfeitamente com trajes esportivos e roupas decotadas.
  • Para as com muito busto: colares próximos do pescoço ou correntes longas.
  • Para as com pouco busto: não tenha medo dos colares vistosos e coloridos.

Link permanente Deixe um comentário